Representante da Cruelty Free International desmascara o Instituto Royal na CPI dos maus-tratos aos animais

Em andamento atualmente no Congresso Nacional, a CPI dos maus-tratos aos animais está investigando detalhes do Instituto Royal, que fechou as portas após ativistas resgatarem 178 cães (além de ratos e coelhos) em outubro de 2013. Na época, o resgate foi condenado pela mídia e, especialmente, pela diretoria do laboratório, representada por Sílvia Ortiz, que criticou duramente o ato. Porém, agora o público tem a oportunidade de conhecer os reais fatos sobre o Royal.

Continue Lendo “Representante da Cruelty Free International desmascara o Instituto Royal na CPI dos maus-tratos aos animais”