‘Parem de ter dó’, orientam professores de veterinária

Em entrevista no último dia 21 (sexta-feira), uma veterinária contou ao O Holocausto Animal um pouco do que ocorre nos cursos de medicina veterinária do país.

Graduada em uma universidade do Estado de São Paulo, durante uma aula de reprodução em 2013, a então estudante de medicina veterinária presenciou um aluno “enfiando sem dó” sua mão no ânus de uma vaca. Após a palpação retal agressiva, sua luva “saiu cheia de sangue”.

Em outra ocasião, um professor contou em sala de aula – “rindo” – que havia matado um filhote ainda vivo dentro do útero da vaca.

A veterinária ainda afirmou que com frequência os alunos escutam a súplica de professores: “Parem de ter dó [dos animais]”. Além disso, de acordo com o relato, piadinhas sobre bacon acontecem o tempo todo, e aqueles que demonstram indiferença acabam por trabalhar em grandes indústrias.

“É desesperador”, completou.

Anúncios

5 respostas para “‘Parem de ter dó’, orientam professores de veterinária”

  1. curso e veterinaria e biologia são pra salvar os seres vivos ou pra ensinar a assassinar? repudio, tal praticas crueis c os animais ñ humanos, inocentes, indefesos, sem pecados.

  2. Que nojo desses professores! Animais sao seres que sentem dor, fome, medo., alegria e tristeza! Como NÓS! Repudio tá falta de compaixão!

  3. É uma pena tanta crueldade…
    Ha seres que não merecem nem ser chamados de humanos….
    Mas a lei do retorno existe e cada um recebe aquilo que lhe compete em algum momento de sua vida….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s