Santuário recebe chimpanzé libertada de zoo por habeas corpus

Chimpanzé Cecília conseguiu habeas corpus na justiça argentina.

cecilia chimpanze
Cecília (foto) foi reconhecida na justiça como “sujeito de direito”. Imagem: GAP Brasil

Hoje (5), o Santuário de Grandes Primatas de Sorocaba (SP) vai acolher o primeiro primata não-humano da história que conseguiu a liberdade através de um habeas corpus.

Cecília, de 20 anos, vivia em confinamento no zoo de Mendoza, na Argentina, mas a ONG AFADA (Associacion de Funcionarios y Abocados pelos Derechos de los Animales) resolveu entrar com um pedido na justiça pela sua liberdade, alegando que o animal deveria ser reconhecido como um “sujeito de direito”.

A juíza Maria Alejandra Maurício tomou a decisão favorável, concedendo o habeas corpus.

Agora, Cecília deve passar por um período de quarentena no santuário, até ser introduzida a um grupo composto por mais de 50 chimpanzés.

As informações são do G1.

Anúncios

3 respostas para “Santuário recebe chimpanzé libertada de zoo por habeas corpus”

  1. Evolução social Lentamente a humanidade vem evoluindo ainda mais, intelectualmente, emocionalmente e espiritualmente, reconhecendo que a vida DE TODOS é sagrada, não apenas dos humanos. Assim, o direito à vida, bem-estar e dignidade é um DIREITO DE TODOS, não só dos humanos. Nós absolutamente não somos melhores do que as outras espécies que habitam o planeta; somos apenas diferentes. Evoluiremos como espécie quanto mais respeitarmos a vida, a Natureza, o Cosmos e TODOS os seres viventes.

  2. Republicou isso em Paulosisinno's Bloge comentado:
    Hoje (5/4), o Santuário de Grandes Primatas de Sorocaba (SP) vai acolher o primeiro primata não-humano da história que conseguiu a liberdade através de um habeas corpus.
    Cecília, de 20 anos, vivia em confinamento no zoo de Mendoza, na Argentina, mas a ONG AFADA (Associacion de Funcionarios y Abocados pelos Derechos de los Animales) resolveu entrar com um pedido na justiça pela sua liberdade, alegando que o animal deveria ser reconhecido como um “sujeito de direito”.
    A juíza Maria Alejandra Maurício tomou a decisão favorável, concedendo o habeas corpus.
    Agora, Cecília deve passar por um período de quarentena no santuário, até ser introduzida a um grupo composto por mais de 50 chimpanzés.
    As informações são do G1.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s