Caçador recebe chumbo de outro caçador que atirava em codorna

Caso ocorreu no Texas em 2006.

cacadores-cheney-whittington

Harry Whittington (à esquerda) foi alvejado por Dick Cheney – ambos caçadores. Imagem: NY Daily News/14.out.2010

No dia 11 de fevereiro de 2006, em um parque de caça às codornas no Texas, Estados Unidos, o advogado norte-americano Harry Whittington foi baleado acidentalmente pelo então vice-presidente dos Estados Unidos Dick Cheney. Na época, Harry tinha 78 anos e acabou entrando na linha de fogo, sendo alvejado com chumbo no rosto, no pescoço e no peito.

O caso foi relatado primeiramente pelo jornal local Corpus Christi Caller-Times, que recebeu as informações da proprietária do parque, Katherine Armstrong.

No relatório oficial publicado pelo Departamento de Parques e Vida Silvestre do Texas, em 13 de fevereiro de 2006, consta que Whittington foi buscar um pássaro que havia derrubado; quando chegou para pegá-lo, ficou na linha de fogo e recebeu os tiros de Cheney.

Armstrong disse à Fox News que “o [ex] vice-presidente não o viu” e, portanto, seguiu “atirando”.

O advogado chegou a ser internado por conta dos ferimentos, mas sobreviveu.

Anúncios

3 ideias sobre “Caçador recebe chumbo de outro caçador que atirava em codorna

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s