‘Os porcos no matadouro já me pediram carinho’, relata ex-funcionário

Episódio é relatado em  livro estadunidense.

porco matadouro
Imagem: ASPCA

No livro “Slaughterhouse: The Shocking Story of Greed, Neglect, and Inhumane Treatment Inside the U.S. Meat Industry“, publicado em novembro de 2006, a escritora Gail A. Eisnitz descreve uma série de relatos de pessoas que trabalham ou já trabalharam em matadouros norte-americanos.

Um ex-funcionário, entrevistado por Gail em uma cafeteria na Sioux City, Iowa, relatou que os porcos já se comportaram como filhotes no matadouro:

“Se você trabalha em um matadouro por qualquer período de tempo, você desenvolve uma atitude que te permite matar coisas sem que você se importe […] Os porcos no matadouro já vieram até mim pedindo carinho [nuzzled me] como se fossem cachorrinhos. Dois minutos mais tarde eu tive de matá-los – bater neles até a morte com um cano. Eu não ligo.” (p. 87)

Anúncios

7 respostas para “‘Os porcos no matadouro já me pediram carinho’, relata ex-funcionário”

  1. Tem que ter muito sangue frio pra fazer isso Deus me livre ..Não gosto nem de pensar dou muito amor aos animais de qualquer espécie e ainda acho pouco…:(

  2. Com certeza a alma desse infeliz já tem lugar reservado no inferno. Matar a sangue frio um animal que momentos antes te pedia carinho e atenção. E ainda por cima não dar a mínima pra isso. Nem quero imaginar quando toda essa maldade retornar à ele. Lei do Retorno existe pois nada passa desapercebido a Deus.

  3. Mas o que pensam as pessoas quando vâo ao supermercado, comprar umas costoletas, umas bifanas???
    Que há milagres???
    Monstros, crueldade, insensíveis, não, Sociedade Consumista, cada vez mais, mais, mais…
    Há uns anos comiam carne uma vez por semana, actualmente duas vezes por dia:
    Abram os olhos!!!

  4. Será que no inferno essa coisa vai ser aceita?Acho que todas essas pestes terão as suas almas desintegradas,pois não servem para mais nada,só para matar,quando morrerem nem para adubo vai servir,dessas coisas só sai veneno mortal!Só Deus pode dar alento à esses inocentes animaizinhos!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s