Investigação denuncia abate “humanitário” de vacas grávidas

Uma investigação feita pelo grupo francês L214 revelou os bastidores do abate “humanitário” de vacas grávidas, pela indústria da carne e do leite.

abate-humanitario-vaca-gravida-bezerro-lixo

Revoltado com o abate de vacas grávidas, um funcionário de um matadouro francês entrou em contato com o L214, relatando que dezenas de vacas grávidas são abatidas semanalmente no local.

Assim, munido de câmeras escondidas, o funcionário filmou todo o processo, desde a “dessensibilização”, que em tese deixaria o animal inconsciente para a morte, até a sangria.

Vaca entra pânico e tenta fugir da pistola pneumática, usada no abate "humanitário". Imagem: Reprodução

Vaca entra pânico e tenta fugir da pistola pneumática, usada no abate “humanitário”. Imagem: Reprodução

As filmagens, extremamente fortes e chocantes, mostram as vacas grávidas tentando desesperadamente fugir da pistola pneumática, obviamente sem sucesso. Na próxima etapa, têm suas gargantas cortadas. A filmagem flagrou muitas vacas ainda conscientes no momento da sangria.

Depois que as vacas grávidas são abatidas, seus úteros são retirados pra fora, abertos pelos funcionários e os bezerros retirados. E então os bezerros morrem lentamente por asfixia, terminando suas existências em uma lata de lixo.

Abaixo você confere o vídeo completo da investigação (com legendas em inglês).

Anúncios

4 ideias sobre “Investigação denuncia abate “humanitário” de vacas grávidas

  1. Simone Girão Sgarzi

    Não é admissível que se continue a usar os animais dessa forma desumana.
    Eles são bases econômicas para todo tipo de comércio.
    Enquanto o homem fizer qualquer ser vivo sofrer, aspergir o solo de sangue, não haverá paz entre os indivíduos.
    O homem têm de deixar de ser bárbaro, respeitar todo ser vivo e enaltecer o amor!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s