A contradição do vivissector

A atitude do vivissector é claramente contraditória.

iguais-testes-em-animais

O vivissector afirma que:

1. Os animais são fundamentalmente semelhantes ao homem.
2. Os animais são fundamentalmente diferentes do homem.

Ele acredita naquilo que é conveniente para a sua tese:

1. Que os animais são semelhantes ao homem, quando for conveniente para a reivindicação de que pode-se obter conhecimento para o homem a partir dos animais.

2. Que os animais são diferentes do homem, quando for conveniente acreditar que os animais não sofrem, que são inconscientes, não pensam… E, portanto, pode-se fazer qualquer coisa com eles. A moralidade simplesmente não entra em questão.

É difícil encontrar algo na pesquisa biomédica mais enganoso do que a vivissecção.

Dr. Pietro Croce é médico formado na Universidade de Pisa, Itália, e atual membro da maior associação do mundo de patologistas, a College of American Pathologists.

From Croce, M.D., Pietro. Vivisection or Science: A Choice to Make. CIVIS. Klosters, Switzerland. 1991, p. 21 e 26.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s