Pintinhos já tiveram eletrodos cerebrais implantados por cientistas

Experimentos conduzidos no século XX envolviam o implante de eletrodos cerebrais em pintinhos.

pintinho-eletrodos-implantados

O pintinho da foto acima teve eletrodos implantados em seu cérebro, em experimentos conduzidos no Instituto Nacional de Saúde e Pesquisa Médica, em Paris (INSERM), na década de 1990¹.

Ativistas da Frente de Libertação Animal (ALF) conseguiram se infiltrar no INSERM e tirar esta foto, que foi divulgada pelo grupo francês de direitos animais AEQUALIS, hoje chamado One Voice.

Devido à divulgação, o INSERM processou o grupo, que foi condenado a pagar uma multa severa ao Instituto de 15 mil euros.

Um experimento parecido já havia sido conduzido por volta de 1960, por Charles E. Spooner, na Universidade da California, Los Angeles (UCLA).

Parte dos resultados da pesquisa de Soopner foi publicada na revista “Electroencephalography and Clinical Neurophysiology”, com o título “Preparação e implante de eletrodos cerebrais em um pintinho”, com o objetivo do “estudo eletrofisiológico do sistema nervoso central do pintinho, durante o movimento sem anestesia”².

Atualmente, não encontramos registros dessas experiências em pintinhos, mas ela continua ocorrendo com camundongos, cães, gatos e primatas. Porém, fica a questão: Quem são os verdadeiros criminosos? Quem tortura animais ou quem tenta expor a realidade ao público?

Se os cientistas garantem que zelam pelo “bem-estar” dos animais usados em testes, por que a desesperada tentativa de esconder os bastidores dos laboratórios do público?

Referências

¹No Vivisezione, Pannello 1. Acesso em 29 de setembro de 2016.

²SPOONER, Charles E. Preparation and implantation of brain electrodes in the young chickElectroencephalography and clinical neurophysiology, v. 18, n. 4, p. 419-421, 1965.

Anúncios

Uma resposta para “Pintinhos já tiveram eletrodos cerebrais implantados por cientistas”

  1. nossa!!!! muito ruins!!!! precisamos de banir o mal dos laboratórios, e fazer tb petições, ñ utilizar produtos testados em animais. até que o mal tenha fim… de ñ cometer tamanha crueldade aos anjos inocentes, indefesos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s