Solidão e estresse no Zoológico de Piracicaba

Investigação feita pelo grupo Muda (Ética, Justiça e Direitos Animais) revela crueldade em zoo do interior de SP.

Macacos sob estresse no Zoológico de Piracicaba. (Foto: Alex Peguinelli)
Macacos vivem sob estresse no Zoológico de Piracicaba (Foto: Alex Peguinelli)

Uma investigação realizada pelo grupo Muda, no fim de 2015, constatou sofrimento e estresse em diversos animais confinados no Zoológico de Piracicaba.

Na grade do recinto dos cervos, uma placa alerta que eles ficam “facilmente estressados” com o barulho do público. Na jaula dos macacos, se afirma que “um dos macacos pregos em exposição está se estressando com alguns comportamentos do público”.

Alerta do próprio zoológico diz que os animais podem ficar estressados com o público.
Alerta do próprio zoológico diz que os animais podem ficar estressados com o público
Placa alerta que os macacos vivem sob estresse constante. (clique na imagem para ampliar)
Placa alerta que os macacos vivem sob estresse constante (clique para ampliar)

O animal irará foi filmado exibindo comportamento estereotipado – ele anda de um lado para o outro, sem rumo e em meio ao sol escaldante.

As emas, aves de grande porte, também ficam restritas a um espaço bastante limitado e entediante. Para termos uma ideia da verdadeira prisão em que vivem, as emas podem correr até 80 km/h, vivendo em bandos em regiões abertas. Em um zoológico, a expressão desse comportamento natural é inviável.

Animais vivem em meio à poluição da cidade. (Foto: Alex Peguinelli)
Animais vivem em meio à poluição da cidade (Foto: Alex Peguinelli)

Hoje vivemos a sexta grande extinção, ocasionada pelo homem, apesar dos centenas de zoológicos espalhados pelo mundo. Logo, se trata de uma escolha: o que nós preferimos? Investir em programas de preservação do ambiente natural, incentivando a população a parar de consumir animais, reduzindo assim o desmatamento e a extinção dos animais, ou continuar construindo jaulas e gaiolas, com a falsa justificativa de que elas estariam preservando espécies? O bom senso é capaz de responder facilmente a questão levantada.

Anúncios

Uma resposta para “Solidão e estresse no Zoológico de Piracicaba”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s