Grupo da USP se reúne para acabar com sofrimento animal na ESALQ

Um grupo formado por professores, estudantes e profissionais atuantes na área de direitos animais está trabalhando com o objetivo de eliminar práticas que geram sofrimento nos animais no campus da USP de Piracicaba (ESALQ – Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz).

Vacas, como esta da imagem, têm partes do trato digestivo expostas no campus da USP de Piracicaba.

Vacas, como esta da imagem, têm partes do trato digestivo expostas no campus da USP de Piracicaba.

A iniciativa veio à tona por conta de sucessivas preocupações com a condição dos animais usados em ensino ou em pesquisa na ESALQ. Desde 2015, um documento assinado pelo Professor Dr. Marcos Sorrentino e pela Professora Dra. Maria Castellano requisita maior atenção da diretoria da universidade sobre o tema, exigindo “a libertação total dos animais de qualquer situação de exploração”. O documento ressalta o direito ético dos animais em serem livres:

“[…] podemos constatar que, pelo simples fato de estarem confinados e submetidos a condições não naturais, de exposição a momentos de estresse e dor, seu direito à vida, à liberdade e o direito de não sofrer […] estão sendo violados.”

Inicialmente, a universidade respondeu que cumpre todas as normas federais para as pesquisas com animais, o que, de acordo com o CEUA (Comitê de Ética) da ESALQ, garantiria os cuidados éticos adequados.

Agora, o grupo está programando um cronograma de discussões e palestras a serem feitas no campus, para que os estudantes fiquem cientes e participem do debate. A proposta é que os animais parem de ser usados para fins de ensino ou científicos, uma vez que isso fere não só a Lei nº 9.605/98 de Crimes Ambientais, que penaliza o exercício de experiências dolorosas em outras espécies, como também a Constituição Estadual de São Paulo (art. 193, X) e a própria Constituição Federal (art. 225, §1o., VII).

Clicando aqui você confere na íntegra o documento entregue pelo grupo, e aqui a resposta inicial da universidade.

Anúncios

2 ideias sobre “Grupo da USP se reúne para acabar com sofrimento animal na ESALQ

  1. selma

    Tem q acabar de vez c as explorações dos animais de todos os setores. Pra consumo, caça, pesca, comércio de peles, rituais, testes, experimentos, esportes, abandonos, crueldades. Enfim, temos q defender os q ñ tem voz.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s