Conheça o interior de um abatedouro brasileiro de aves

Por volta das 18 horas do dia 13 de janeiro de 2016 (quarta-feira), ativistas resgataram cerca de 150 galinhas de um abatedouro legalizado do interior de São Paulo, em Tietê. Ao entrarem no local, encontraram uma situação deplorável das aves que seriam abatidas.

A seguir, você conhecerá os detalhes da ação, que revelou o destino cruel das galinhas ceifadas pela indústria da morte, em pleno território brasileiro.

Uma das aves resgatadas não conseguia sequer parar em pé, devido ao estresse e a exaustão das longas viagens até o abate.
Uma das aves resgatadas não conseguia sequer parar em pé, devido ao estresse e a exaustão das longas viagens até o abate.

Dentro do abatedouro, aproximadamente 10 mil aves aguardavam a morte em um pátio relativamente pequeno. Espalhadas em 10 caminhões, com cerca de mil aves em cada um, as galinhas estavam amontoadas, piando e cheias de fraturas, cortes e lesões. Outras dezenas estavam largadas no concreto, algumas das quais foram esmagadas pelos caminhões dentro do frigorífico.

Em caminhões como esse, as aves ficam em um espaço menor de uma folha de papel A4, suportando viagens exaustivas até o matadouro.
Em caminhões como esse, as aves ficam em um espaço menor de uma folha de papel A4, suportando viagens exaustivas até o matadouro.

Por conta do espaço ridiculamente pequeno, as galinhas passam horas de profundo desespero, pois não podem abrir as suas asas ou se movimentarem. Elas são obrigadas a suportar chuva, frio e calor intenso sem nenhum tipo de proteção adequada.

Lesões e machucados são frequentes nas aves.
Lesões e machucados são frequentes nas aves.

Tratados como mercadoria, esses animais jamais saberão o que significa pisar em uma grama ou viver ao ar livre. Uma realidade que apenas existe por conta do consumir, que financia tais práticas. Portanto, cabe a você colocar um fim a isso, tornando-se vegan.

Fotos

Abaixo você confere as fotos tiradas no matadouro.

Vídeo

Anúncios

3 respostas para “Conheça o interior de um abatedouro brasileiro de aves”

  1. Muito triste!!! Saber q humanos se assujeitam a este tipo de vício de cumplicidade para c/ as espécies da Natureza, as quais ñ são comidas, são vidas, e ñ são propriedades de nenhum humano.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s