Conheça o interior de um abatedouro brasileiro de aves

Visitamos um matadouro de galinhas.

Uma das aves resgatadas não conseguia sequer parar em pé, devido ao estresse e a exaustão das longas viagens até o abate.
Uma das aves resgatadas não conseguia parar em pé, devido ao estresse e a exaustão das longas viagens até o abate (Foto: O Holocausto Animal)

Por volta das 18 horas do dia 13 de janeiro de 2016 (quarta-feira), ativistas resgataram cerca de 150 galinhas de um abatedouro legalizado do interior de São Paulo, em Tietê.

Dentro do abatedouro, aproximadamente 10 mil aves aguardavam a morte em um pátio relativamente pequeno. Espalhadas em 10 caminhões, com cerca de mil aves em cada um, as galinhas estavam amontoadas, piando e cheias de fraturas, cortes e lesões. Outras dezenas estavam largadas no concreto – algumas foram esmagadas pelos caminhões dentro do frigorífico.

Em caminhões como esse, as aves ficam em um espaço menor de uma folha de papel A4, suportando viagens exaustivas até o matadouro.
Em caminhões como esse, as aves ficam em um espaço menor de uma folha de papel A4, suportando viagens exaustivas até o matadouro (Foto: O Holocausto Animal)

Por conta do espaço ridiculamente pequeno, as galinhas passam horas de desespero, pois não podem abrir as suas asas ou se movimentarem. Elas são obrigadas a suportar chuva, frio e calor intenso sem proteção adequada.

Lesões e machucados são frequentes nas aves.
Lesões e machucados são frequentes nas aves (Foto: O Holocausto Animal)

Fotos

Abaixo você confere as fotos tiradas no matadouro. Aviso de conteúdo gráfico.

Vídeo

Anúncios

3 respostas para “Conheça o interior de um abatedouro brasileiro de aves”

  1. Muito triste!!! Saber q humanos se assujeitam a este tipo de vício de cumplicidade para c/ as espécies da Natureza, as quais ñ são comidas, são vidas, e ñ são propriedades de nenhum humano.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s