O que a Sadia não vai te contar neste Natal

A celebração do Natal está chegando, e com ele, as falsas propagandas da indústria da carne. Os publicitários que trabalham para os pecuaristas são especialistas em fazer com que você jamais se sinta culpado ao comer animais mortos.

Conheça a verdade por detrás do sorriso suicida do mascote da Sadia.

Uma indústria que é perversa com os animais, só poderia repetir essa perversidade com o consumidor.

Uma indústria que é perversa com os animais, só poderia repetir essa perversidade com o consumidor.

As falsas promessas de paz e amor, envoltas na hipocrisia religiosa, representam muito bem a cegueira do consumidor nos dias atuais. Se o consumidor é passivo e age como um mero fantoche, não há razões para crer que a matança animal acabará. Essa passividade é explorada pelos publicitários, que sabem como induzir a sociedade ao erro, através de rótulos “humanitários” ou pregando um suposto “bem-estar” dos animais assassinados.

O mascote da Sadia, por exemplo, está sempre sorrindo e cometendo canibalismo nas propagandas, como se estivesse feliz em virar jantar. Essa bizarrice é mantida pela ideologia de que os animais estão aqui para servir aos humanos, apesar de a criação industrializada intensiva de animais ser um dos maiores crimes, se não for o maior, da história da humanidade.

A Sadia, e qualquer outra indústria pecuarista, jamais irá divulgar o que ocorre em seus matadouros, cuidadosamente vedados ao público. E todos nós já sabemos o motivo: é horrível de se ver. Nós tentamos nos afastar ao máximo dessa realidade. No fundo, sabemos que é errado, e por isso escondemos a verdade da matança animal.

Se matar animais fosse moralmente correto, nós não precisaríamos disso – jamais tentaríamos esconder ou fugir das imagens de matadouros. Assim como nos é desconfortável ver um vídeo de assassinato de um animal humano, também o é quando a vítima é um animal não-humano.

Mas o que a Sadia esconde do consumidor? A resposta é simples e muito direta: suas práticas não combinam com o mundo pacífico idealizado nos fins de ano.

Os perus, por exemplo, vivem em galpões imundos e fechados, com iluminação artificial e espaço reduzido, nos quais mal conseguem abrir suas asas.

industria do peru

Por conta da seleção artificial e do sobrepeso induzido, estes animais crescem tanto e tão rápido que não conseguem sequer sustentar o próprio corpo, frequentemente fraturando suas pernas.

peru perna quebrada

Mas todo esse sofrimento é apenas um prólogo do que eles irão enfrentar no abatedouro. Com apenas 6 meses de vida, eles são rudemente atirados em engradados e carregados em caminhões para viagens extenuantes e sem qualquer proteção contra extremos de temperatura, naquela que será a primeira e última vez que verão o sol.

Transporte de Perus

No abatedouro, eles são retirados da carreta de forma tão grosseira quanto a que foram colocados, para serem em seguida agrilhoados pelas frágeis pernas de ponta cabeça, em uma linha de montagem que inclui um banho em água eletrificada. Em seguida, suas gargantas são cortadas e eles seguem para os tanques de escalda. Os mais sortudos estarão mortos a essa altura, mas devido ao processo insensível, rápido e mecanizado de abate, muitos ainda chegam vivos e plenamente conscientes aos tanques de escalda, onde terminam suas vidas curtas e miseráveis sendo literalmente fervidos vivos.

Perus fervidos vivos

E então, finalmente, eles são enviados aos mercados, que irão vendê-los para consumidores que acreditam que é possível celebrar a paz e o amor através de confinamento, tortura e morte de terceiros sencientes e vulneráveis.

Este é o resultado final:

sadia peru de natal

Mas não antes disso…

peru processo completo

Anúncios

40 ideias sobre “O que a Sadia não vai te contar neste Natal

  1. Rogério Vianna Machado

    Infelizmente até os “chamados cristãos” fazem parte desta tremenda covardia, acham normal este ato cruel e desumano, e depois reclamam de balas perdidas, balas achadas, assaltos, e tantas outras perversidades, quem planta sofrimento colhe sofrimento, pregam a paz mas praticam a maldade extrema com os pobrezinhos ainda se dizem “cristãos” ou outra “religião qualquer ainda não compreenderam o: Não Matarás a ninguém”, é triste mas real…

  2. Pedro Abreu

    Esse vídeo não é exatamente da Sadia, mas serve muito bem pra exemplificar o tratamento desprezível reservado aos animais, por parte de quem se dispõe a fazer dinheiro com eles:

  3. Junior Levrone

    Realmente se pensarmos por este ponto de vista , teríamos que deixar de comer tudo que fosse de origem animal , seriamos exclusivamente veganos ou vegetarianos, mas como mudar toda uma sociedade que já esta escrava do poder da midiia dizendo que quem não comer algum tipo de carne tem anemia e outras doenças…

  4. Anônimo

    Vamos fazer o que viver de soja?
    A menos que vc monte algo melhor mais estruturado não me venha com esses mimimi de vegano.

  5. Maria José Nia

    SÁDICAAAAAA, ASSASSINA, CRUEL, SANGUINÁRIA!!!
    “Ana…A indústria da carne é uma das piores desgraças nesse planeta, uma verdadeira maldição para os pobres animais não humanos!!!!! Os zumbis carnistas insistem na sua cegueira conveniente acreditando no mito dos animais felizes que foram sorrindo para o abatedouro que a maldita indústria prega na mídia, tudo faz parte de um jogo de interesses escusos entre a ASSASSINA fábrica de animais que visa os lucros astronômicos e o consumidor egoísta que para atender à sua gula, prazer do paladar, tradição e caprichos perpetuam essa tragédia sem paralelo na história de crimes e assassinatos da humanidade contra os animais não humanos!!” VEGANISMO JÁ, AINDA QUE TARDIO!

  6. Marcos Autor do post

    “Vamos fazer o que viver de soja?”

    Anônimo, a alimentação vegan é cheia de cor, sabor e extremamente diversificada. Basta acessar qualquer site de receitas veganas que você saberá do que estou falando… Ou visite a feira mais próxima.

  7. Anônimo

    Comer carne, frango e outros tipo de animais é muito cruel sim! Mas ja que, na nossa sociedade é impossivél mudar todos… devia haver pelo menos um respeito com os animais, serem bem tratados. O coração humano esta morto a muito tempo.

  8. ricardo olivo

    é muita falta de informação, quer dizer que nos primórdios viviam de capim, que tal se preocuparem com os seres HUMANOS que sao queimados vivos pelo trafico, ou por aquele humano que estava agora ali na rua e vc passou e virou a cara, animal é fácil, da mídia né, dai depois quando passa a vontade de parecer ecologicamente correto descarta apenas……., a maior parte do que usamos, inclusive aqueles adornos luxuosos tem origem animal……. e dai, como fica, e alguem ai ja ouviu falar de cadeia alimentar, fica na frente de uma onça, ou leão que tu ja descobre o que é……………e assim vai……………..

  9. Moisés

    É bem complicado, o negócio…..
    Não adianta não comer animais,por ter que mata-los…….pois regrar uma plantinha e depois come-la não seria a mesma coisa pois me aparece q plantas e frutos tbem são seres vivos??????!!!

  10. Anônimo

    Criticar a produção animal é fácil, difícil é encontrar alguém que possua conhecimento dos que estão criticando.
    … só para acrescentar, as fezes destes animais servem de fertilizante orgânico que nutre os vegetais vigorosos que quem crítica se alimenta.

  11. rozangela

    Nunca haverá paz sobre os seres humanos, nunca haverá paz, uns matando os outro, roubando e escarnecendo, dos escarnecedores, por conta do grande mal que causa a natureza, por conta da tortura e matança dos animais, pobre inocentes, pobre animais, por que razão acham o direito de matar, se ponham no lugar dos animais, são vida assim como as de todos que se alimentam da carne e sofrimento dos pobre animais inocente e indefesso. justiça piedade boa fé. Jesus não retornará até que esta nação perversas aprendam a chora das suas obras diabólicas e malaquina. enquanto não haver paz para os animais, da parte dos seres humanos, também nunca haverá paz para os seres humanos, respeite e preservem a vida, assim como preserva e cuida da sua.

  12. BRUNO

    Atualmente na internet temos muita desinformação, a noticia acima me parece mas um apelo de um adolescente revoltado com um tema do que uma pessoa que realmente quis saber o que acontece. No mundo todo teremos aqueles que concordam ou nao com um partido politico ou nesse caso com a possibilidade de alguem comer ou nao carne de origem animal. Se os veganos nao comem é opcao deles e devem ser respeitados, bem como aqueles que gostam de um bom churrasco tambem devem esse direito. O que devemos trabalhar e cobrar é para nao importa sua opcao de alimentacao, OS ANIMAIS NAO PODEM SOFRER MAUS TRATOS, passar por atos de crueldade, passar por sede, fome ou medo. Temos que cobrar as empresas para se adequarem e evoluirem sempre mais. Nesse ponto acredito que a Sadia nao é aquelo que a reportagem citou, Falo isso pq na reportagem acima é citado por exemplo a escadagem de animais vivos e pela legislacao BR do Ministerio da agricultura (SIF) o tempo minimo de sangria é de 3 min, sendo impossivel um animal sangrado estar vivo apos esse tempo. Outra ponto também foi que li uma noticia sobre uma parceria com a WAP – World Animal Protection, para melhorar o bem estar de seus animais em todas as etapas do processo.

  13. Marcos Autor do post

    “Se os veganos nao comem é opcao deles e devem ser respeitados, bem como aqueles que gostam de um bom churrasco tambem devem esse direito.”

    Esse é pra você: Não me diga o que fazer

    “Temos que cobrar as empresas para se adequarem e evoluirem sempre mais.”
    – Evoluírem aonde? Nas técnicas de tortura e assissnato em massa? Pois é isso que está acontecendo cada vez mais.

    Não temos que cobrar essa “evolução”, temos que parar de financiar essa indústria assassina e mercenária.

  14. Pedro Abreu

    viver de soja?!.. não sei o que é pior as carnes com hormonio ou o soja com glifosato e companhia

    Só na cabeça de ignorantes veganos vivem de soja. Se eu como isso uma vez por semana, é muito.

  15. Anônimo

    Buscar informações confiáveis a respeito de um assunto é essencial antes de formar uma opinião e torná-la pública. As aves ficam em um ambiente que garante conforto na granja, há anos são realizados estudos para se determinar isso. Há toda uma preocupação com o bem estar animal, preocupação essa cada vez mais crescente e valorizada. Os animais não são torturados antes nem durante o abate (com exceção de granjas clandestinas, das quais não devem ser compradas carnes, mas sim daquelas que possuem o SIF). O texto cita fratura de pernas, mas o máximo é feito para que isso não ocorra por dois motivos principais: bem estar da ave e qualidade da carcaça. Em relação à exposição dos frigoríficos, como grande parte das empresas seus procedimentos não são expostos a qualquer público, mas posso garantir que não é como relata no texto, eu mesma já visitei uma das plantas. Cada um segue o que acredita ser o certo, mas não deve difamar uma empresa sobre a qual não se sabe a verdade. A produção de frango cresce cada vez mais e esse crescimento já tirou muita gente da fome e continua tirando.

  16. André

    Vou me alimentar de água e luz de agora em diante…. Xiiiiii nem água dá agora… Vamos fazer uma matéria sobre a cruel indústria do tratamento de água que mata milhares de micróbios indiscriminadamente todos os anos…. PQP vão arrumar o que fazer…..

  17. Pedro Abreu

    As pessoas usam sapatos de couro, bolsa de couro e não comem carne. Ai a pergunta o couro vem de onde?

    De que pessoas exatamente você tá falando? Veganos (administradores desse blog e boa parte do seu público) não compram produtos feitos com peles ou couros arrancados de animais.

  18. luis fernando

    infelizmente é o que os animais representam ao ser humano: NADA!!! isso só acabará quando nos conscientizarmos de que enquanto houver lucro, haverá matança. SÓ DEVEMOS PARAR PRA PENSAR: SERÁ QUE PRECISAMOS COMER NOSSOS IRMÃOS QUE NÃO FALAM?

  19. GERLANIA

    Paulo deixou claro em Romanos 14:2-6 que tanto podemos comer carne como não comer, desde que estejamos convictos e demos graças a Deus em tudo o que fazemos. Não devemos julgar os outros nem impor restrições que para outra pessoa não fazem sentido. Cada um está livre em Cristo para decidir sobre esse assunto (Colossenses 2:20-21).
    Deus autoriza o vegetarianismo

    Em Gênesis 1:29-30 lemos que Deus nos deu fruta e vegetais para comer. Só foi nos tempos de Noé que Ele nos deu todos os animais para comer. Então podemos concluir que antes de Noé toda a gente era vegetariana.
    Deus autoriza comer carne

    Em Gênesis 9:3, depois do Dilúvio, Deus dá todos os animais ao homem como alimento. Abraão ofereceu carne de novilho ao anjo do Senhor para comer (Gênesis 18:8). Muitos dos rituais judeus implicavam comer a carne de cordeiros ou bezerros sacrificados e Deus deu uma lista dos animais que os judeus podiam e não podiam comer.

    Jesus comeu peixe (Lucas 24:41-43) e provavelmente cordeiro também. No início da igreja, com a conversão de pessoas que não eram judias, gerou-se muita polêmica sobre se era permitido comer carne e de que tipo.

  20. Marcos Autor do post

    “Paulo deixou claro em Romanos 14:2-6 que tanto podemos comer carne como não comer.”

    – E daí? Desde quando um livro da Idade das Trevas é referência para alguma coisa do século 21?

  21. Pedro Abreu

    GERLANIA

    O Apóstolo Paulo, se você acredita na Bíblia, era um misógino escravocrata que mandava os escravos servirem aos senhores [Efésios,6:5] e as mulheres calarem a boca nas igrejas, não ensinarem, e serem submissas aos maridos [1Coríntios, 14:34-35; 1Timóteo 2:11-12].

    Sobre essa ideia de citar a Bíblia como referência moral, peço que leia o item 7 desse artigo:

    7 formas de perder um debate para um vegano

  22. Legito

    Não adianta querer falar de Liberdade pra quem é escravo.
    Isso só gera conflito e tensões que não são boas pra quem já se libertou mentalmente.

    Meu único intuito em ser Vegano é achar pessoas da mesma espécie mental para juntar forças.

    O resto do mundo eu abomino e desejo exatamente o que eles fazem com seus semelhantes vivos.

    A vida é uma merda. =)

  23. Carlos Cunha

    holocausto brutal e cruel, este é o saldo do natal, nascimento de ”jesus” um nasce sabe lá quem tem certeza deste tal nascimento e milhões de animais assassinados na semana do natal, e ainda dizem que são cristão e comera nascimento do salvador do mundo, quem salva os inocentes e indefesos animais, ”eu não como carne desde os quatro anos de idade de especie alguma de animais ”

  24. Rogério Vianna Machado

    A questão do vegetarianismo é um questão de Amar os animais, nada mais que isto, Amor, acima de tudo, não violência, tudo que vive quer viver, o sangue derramado, o sofrimento, o desespero dos animais tem uma influencia muito grande no comportamento humano, quando o ser humano deixar de se alimentar de animais sacrificados, com certeza teremos a Paz tão desejadas por todos, tenho certeza disto, vamos pesquisar, vamos analisar…

  25. Ariane

    Fala sério, quem te a capacidade de falar que as plantas são Seres vivos do mesmo jeito…cala Boca, elas não sentem dor..agora pros gritos de dor e medo dos animais, vocês não se importam…

  26. Juliana

    Essa é uma página pesada e, apesar de nós, veganos, sabermos o que se passa na indústria da carne é sempre bom ter mais informações. Mas nunca vou entender pq carnistas seguem essa página e ficam colocando comentários idiotas. Ora, pessoal, não sigam. Se não chegaram ainda ao ponto de ser um pouco menos egoístas e rever seus hábitos, essa definitivamente não é uma página para vocês. Obrigada!

  27. Richard Roberto Pellegrino

    Fico triste em ver o homem que se dia ser o animal mais inteligente é o mais predador e insano, os animais matam e comem cru por fome e necessidade.
    O homem mata a sangue frio premeditado ,cozinha e assa, por ser descarado sem vergonha e glutão!

  28. Richard Roberto Pellegrino

    O homem se diz o mais inteligente animal, rei dos animais ou usurpador dos animais?
    Me da asco ver hoje os homens tão informatizados, continuarem a comer defuntos dos irmãos menores,os animais comem cadaver e matam por desespero e fome e comem cru.
    O maldito homem mata ,cozinha,assa ,tempera premeditadamente, Que o Incriado, faça que os necrofágos, reencanrnem em corpo de animais!
    Ceia de nnatal não! è velório Natalino, velam o corpo presente e depois da missa do galo, enterram o defunto em seus sepulcros estomacais! Não é asim como em muitas culturas e Norte e Nordeste, comem e bebem velando o defunto defunto,mais esquecem que tambem comem o outro defunto junto do da sua especie!

  29. Anônimo

    Fico aflito ao ler certos comentários! Amanhã é natal e mais um dia de sofrimento para os animais, até onde vai a busca pelo prazer e a gula! Se Jesus ensinou a se alimentar de animais, a esse Jesus não vou seguir! A Igreja exterminou quem buscava informações sobre a vida, espaço e quem desenvolveu a ciência que hoje melhora a vida de todos, como alguém acha que comentários com argumentos religiosos provam alguma coisa? Só prova que é mais um alienado! Ao invés de dizer barbaridades por aí e alimentar sua ignorância, por que não vai pesquisar ao mínimo o que é veganismo e seus princípios?

    Sobre comer vegetais que são seres vivos: Você acha que o cadáver que come não se alimentou de outros seres vivos como as plantas? E comeram muito mais do que você comeria. Para cada quilo de carne bovina, quantos quilos de vegentais não foram devorados?

    Sabia que a produção de bovinos é uma das principais causas do efeito estufa e aquecimento global? Sabia que plantas não sentem dor por não conter sistema nervoso e o máximo que apresentam são estímulos desenvolvidos em milhares de anos de evolução? Compara o abate de um animal com a colheita da cenoura e verá como ela vai se defender, gritar e “sangrar”. Somos Heterótrofos e não produzimos o próprio alimento, e portanto, como princípio ético, devemos se aproximar ao máximo da melhor forma de alimentação para que ninguém seja prejudicado com isso.

    Dizem que “Não comer carne é uma escolha pessoal”, você acha que o animal quer morrer pra ver um humano feliz? Você morreria para ver o assaltante feliz? Todos deveriam ser vaganos justamente por não ser uma escolha pessoal, mas que abrange outros aspectos, a vida de um terceiro. Comer humanos é uma escolha pessoal?

    Sei que é mais fácil se acovardar e fingir que nada que foi abordado nessa reportagem acontece, afinal, porquê mecher de forma drástica no seu modo de vida? Não passa de uma estratégia pra continuar sendo um ignorante com medo de mudar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s