Hitler nunca foi vegetariano

A ideia de que Hitler era vegetariano geralmente é utilizada como argumento contrário ao vegetarianismo. Sem querer discutir os detalhes deste embate, o presente artigo tem o objetivo de demonstrar que Hitler jamais foi vegetariano.

Hitler envenenou o próprio cão.

Hitler testou veneno na própria cachorra.

Esclarecer a questão é muito simples. Dione Lucas, a cozinheira de Hitler, em sua obra de 1964 “Gourmet Cooking School Cookbook”, relatou que a receita favorita do pai do nazismo era pombo recheado [1].

Robert Payne, considerado seu biógrafo definitivo, também corroborou o gosto de Hitler por carne e produtos animais, revelando que seu suposto vegetarianismo era uma ideia inventada por Joseph Goebbels:

“Este ascetismo hitleriano era uma invenção de Goebbels para enfatizar sua dedicação total, seu autocontrole, e sua distância dos homens comuns […]. Apesar de Hitler não possuir grande afeição por carnes, exceto sob a forma de salsichas, e de nunca ter comido peixe, ele gostava de caviar.” (grifo nosso) [2]

Albert Speer, outro biógrafo oficial de Hitler, relatou seu apreço por fígado e presunto [3].

Goebbels inventou, portanto, um mito, com o único objetivo de passar ao mundo a ideia de que Hitler era “pacifista”, algo oposto à violência praticada pelos nazistas; o que não se confirma pelo fato de que o próprio Heinrich Himmler, um dos criadores das câmaras de gás, criava galinhas para abate.

Hitler também testou veneno em sua cachorra Blondi antes de cometer suicídio. Joachim Fest, historiador alemão, esclarece o fato em sua biografia de Hitler:

“Mas Hitler temeu que o veneno escolhido não fosse eficaz ou de efeito bastante rápido para provocar sua morte. Preferiu que o veneno fosse testado em sua cachorra. […] Pouco depois, Hitler entrou no banheiro e fixou por instantes com o olhar vago o cadáver do animal. A seguir, convidou os moradores dos dois bunkers a vier dar-lher o último adeus na sala de reuniões.” (grifo nosso) [4]

Além de assassinar a própria cachorra e comer carne, Hitler baniu todas as organizações vegetarianas da Alemanha. Edgard Kupfer, preso no campo de concentração de Dachau entre 1942 e 1945, relatou o fato em seu diário [5].

Resumindo: a alegação de que Hitler era vegetariano ou amante de animais é completamente falsa. Porém, uma ideia deve ser julgada pelos seus devidos méritos. Além disso, não podemos confundir vegetarianismo com veganismo, pois o primeiro se restringe à alimentação, enquanto que o veganismo implica em pressupostos morais e éticos.

De qualquer forma, ser vegano não é uma espécie de “pureza pessoal”, tampouco significa um tipo de “perfeição humana”. Tornar-se vegan é o mínimo que podemos fazer pelos animais e pelo planeta – o mínimo.

Referências

[1] LUCAS, Dione. Gourmet Cooking School Cookbook. Bonanza Books, 1964, p. 89.

[2] PAYNE, Robert. The life and death of Adolph Hitler. Cape, 1973, p. 346.

[3] SCHWARTZ, RICHARD H.; The New York Times; Don’t Put Hitler Among the Vegetarians. September 21, 1991.

[4] FEST, Joachim. Hitler. POCKET OURO, Edição compacta, 2010. p. 781

[5] Guide to the Edgar Kupfer-Koberwitz Dachau Diaries 1942-1945, University of Chicago Library, p. 4.

Anúncios

7 ideias sobre “Hitler nunca foi vegetariano

  1. Thiago Melo

    Informação extra: “Durante o regime, num ataque contra organizações pacifistas, HITLER BANIU todas as ORGANIZAÇÕES VEGETARIANAS e prendeu seus dirigentes nos territórios ocupados pela Alemanha.”

  2. angela baralla

    Desconhecia tal argumento que me parece extremamente tosco e até bizarro.
    Hitler foi um flagelo, que não deve ser tomado como ícone para absolutamente nada. Seu legado foi o de deixar uma mensagem para a humanidade : nunca , jamais repetir ou deixar que se repitam seus atos maquiavélicos e sua ideologia insana.
    Como foi comentado na matéria o veganismo é simplesmente uma questão intima de amar e respeitar, todo o reino animal. Particularmente é uma filosofia de vida que brota não pela mente, mas pelo coração.

  3. Ivana Maria

    Em muitos livros biográficos consta que Hitler tinha sérios problemas estomacais e por isso seu médico aconselhou que retirasse as carnes do cardápio. Por isso surgiu esse boato de que era vegetariano, mas seu prato predileto era carne de pombo. Uma pessoa que não tinha misericórdia alguma por seu semelhante, não teria pelos animais…

  4. Pingback: Você Sabia? – aliwas

  5. Pingback: O mito de que Hitler era vegetariano – aliwas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s