5 mitos ridículos sobre o leite de vaca

O leite é muito mais do que uma simples bebida. Ele é um fenômeno cultural que existe há milhares de anos, mas, apesar de todas as pesquisas científicas demonstrando que o leite é prejudicial para a saúde, a indústria de laticínios continua escondendo a verdade por trás desse produto cruel.

Leite

Mito 1 – Você precisa de leite de vaca para obter cálcio

Querendo ou não, o leite não é a melhor fonte de cálcio. Pode ser difícil de acreditar, mas o cálcio contido no leite é mal absorvido pelo corpo humano.

Felizmente, uma dieta livre de leite não nos deixa sem cálcio. A maioria dos alimentos ricos em cálcio são as plantas, especialmente os vegetais verdes escuros, como couve, espinafre e brócolis.

Mito 2 – O leite de vaca lhe dará ossos fortes

Durante muito tempo ouvimos que nós precisamos de leite para termos os ossos fortes e saudáveis. Isso está muito longe da realidade. Na verdade, esse mito ridículo é tão perigoso que eu não posso acreditar que os publicitários têm autorização para usá-lo.

Pesquisas têm demonstrado que o leite, de fato, esgota o cálcio dos nossos ossos, aumentando o risco de fraturas. Essa é a razão pela qual os países com a maior taxa de osteoporose são aqueles onde as pessoas mais bebem leite.

Mito 3 – Leite de vaca não é cruel

Muitos acham que apenas a carne é um produto cruel. Porém, na indústria de laticínios os bezerros são tirados de suas mães poucas horas depois do nascimento, passando o fim de suas vidas em celas tão pequenas que sequer podem esticar suas pernas.

As vacas leiteiras também são obrigadas a suportar um sofrimento desnecessário e cruel. O estresse causado pelas condições precárias das fazendas industriais leva à uma série de doenças e problemas reprodutivos. Com apenas 4 ou 5 anos (naturalmente, elas vivem 25 anos) as vacas não são mais rentáveis para a indústria, então são enviadas para o abate.

Mito 4 – Vacas precisam ser ordenhadas

Por alguma razão, as pessoas acreditam na ilusão de que vacas precisam ser ordenhadas, caso contrário suas tetas explodiriam, em outras palavras, ordenha-las seria uma espécie de favor. Esse mito é uma grande mentira.

As vacas apenas produzem leite para alimentar os seus filhotes. Se elas não têm filhos, elas não produzem leite. Simples assim.

Para manter as vacas em lactação, os pecuaristas fazem inseminação artificial constante, uma vez por ano. Esse processo traumático é conhecido pela indústria como “rack de estupro”.

Mito 5 – Leite de vaca é para seres humanos

Ninguém pode contestar o fato de que o leite de vaca é uma excelente fonte de alimento… para bezerros. Este incrível alimento é essencial para os bezerros nos seus primeiros meses de vida, mas uma vez desmamados eles nunca irão beber o leite novamente. Isso vale para todas as espécies de mamíferos do planeta. Por isso, não faz o menor sentido nós pegarmos esse leite.

Como se isso já não fosse o suficiente, o leite de vaca contém uma média de três vezes mais a quantidade de proteína do leite humano, contribuindo para uma série de doenças e enfermidades. Isso pode ser o incentivo que você precisava para largar o leite.

Fonte: One Green Planet

Anúncios

32 ideias sobre “5 mitos ridículos sobre o leite de vaca

  1. Marcos Autor do post

    Rafael, sugiro que verifique as seguintes referências científicas para saber mais:

    Esse artigo revela que a população de países que consome menos leite possui menos fraturas ósseas:

    http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/11684522

    Este outro, veja a conclusão:

    “Os dados não suportam a hipótese de que um maior consumo de leite ou derivados por mulheres adultas previne fraturas no quadril ou no antebraço”:

    http://ajph.aphapublications.org/doi/abs/10.2105/AJPH.87.6.992

    “Poucas evidências suportam as orientações nutricionais voltadas, especificamente, para o aumento da ingestão de produtos lácteos como eficazes na promoção da mineralização óssea em crianças e adolescentes”:

    http://www.ncbi.nlm.nih.gov/pubmed/15741380

    Já esse revela o aumento gritante da incidência da osteoporose, nos EUA, entre 1995 e 2006. Período que o consumo de leite apenas cresceu:

    http://archive.ahrq.gov/news/newsletters/research-activities/sep09/0909RA36.html

    E este livro desmascara a crença de que o leite é bom para a saúde:

    KEON, Joseph. Whitewash: The Disturbing Truth About Cow’s Milk and Your Health. New Society Publishers, 2013.

    http://books.google.com.br/books/about/Whitewash.html?id=xrJHONg4PZMC&redir_esc=y

    “Leite não previne osteoporose e possivelmente contribui para o desenvolvimento de doença cardiovascular e câncer de próstata.” – (Physicians Committee for Responsible Medicine, Good Medicine 2, Spring 2001:23)

  2. Fellipe

    Nossa!!! Quantas referências,com o tempo vou lê-las. Obrigado por compartilhar, infelizmente eu ainda tomo leite, mas quero muito parar e isso ajuda a termos uma consciência melhor para com os animais e com o mundo também 😀

  3. Marcos Autor do post

    Felipe, tenho certeza que com o tempo você consegue largar o leite. Quando ainda consumia leite e derivados achei que seria um sacrifício largá-los, mas foi mais fácil do que pensei. Hoje tomo leite de aveia, amêndoa, soja, trigo, nozes, arroz…. E por aí vai! É mais saudável e bem mais saboroso.

    Parabéns pela consciência, abraços.

  4. Vitro

    Marcos, sou fã deste portal que criastes, concordo com diversos pontos, mas acho que você deixa a desejar em outros.
    ”Leite de vaca não é para humanos e nunca foi. Imagina se dependêssemos do leite de outra espécie para ter saúde? A natureza não é burra.”
    Seguindo seu raciocínio, não faria sentido que consumemos determinados frutos, pois são reservas alimentares à semente, não foram feitos para nós, imagina se dependêssemos dos açucares de uma espécie que sequer pertence ao reino Animália?
    Somos heterótrofos, nossos alimentos sempre procederá de um fator biológico, seja um animal, vegetal, fungo. E digo-lhe também, não fosse o consumo de proteínas e gorduras animais por nossos ancestrais, não teríamos alcançado este patamar evolutivo. Nosso encéfalo consome quantidades estrondosas de calorias.

  5. Vitro

    Investigarei melhor, grato, não havia visto este texto. Mas gostaria que também responda isso:

    ”Leite de vaca não é para humanos e nunca foi. Imagina se dependêssemos do leite de outra espécie para ter saúde? A natureza não é burra.”
    Seguindo seu raciocínio, não faria sentido que consumemos determinados frutos, pois são reservas alimentares à semente, não foram feitos para nós, imagina se dependêssemos dos açucares de uma espécie que sequer pertence ao reino Animália?

  6. Anônimo

    Desde pequeno sempre bebi leite,nunca me fez mal,nunca irá,bebo leite todos os dias,dou leite ao meu gato..
    Estudos são estudos.
    Eu vou continuar a beber leitinhoo

  7. Pedro Abreu

    Anônimo

    Nós aqui do Holocausto Animal damos o maior apoio para carnistas dispostos a se matar aos poucos. Portanto, a despeito de zilhões de pesquisas afirmando categoricamente que o leite de vaca industrializado é nocivo à saúde, por favor, continue tomando o seu leitinho.

    Só não faça a mesma coisa com o seu gato que, afinal de contas, não tem nenhuma culpa da sua ignorância e estupidez.

    http://idmedpet.com.br/dieta-e-nutricao/faz-mal-dar-leite-para-o-gato.html

  8. Vitro

    Também responda isso:

    Você disse: ”Leite de vaca não é para humanos e nunca foi. Imagina se dependêssemos do leite de outra espécie para ter saúde? A natureza não é burra.”

    Eu respondi: ”Seguindo seu raciocínio, não faria sentido que consumemos determinados frutos, pois são reservas alimentares à semente, não foram feitos para nós, imagina se dependêssemos dos açucares de uma espécie que sequer pertence ao reino Animália?”.

  9. Pedro Abreu

    Vitro

    Sabe porque o Marcos não gasta tempo te respondendo? Porque sua tentativa de nos colocar em um suposto dilema ético não passa de uma imbecilidade total.

    Entenda: o que rege o veganismo é a senciência dos seres com os quais nós dividimos o planeta, e a senciência é exclusividade do “reino animália” e não das plantas que você pretende usar como argumento.

    Mas já que faz tanta questão de insistir nessa babaquice, seguem algumas taxas sobre intolerância à lactose:

    50% dos adultos entre 20 e 40 anos têm algum nível de intolerância ao leite.
    Asiáticos, afro-descendentes e sul-americanos têm intolerância à lactose entre 75% e 90% da população.

    Fonte: http://www.gazetadopovo.com.br/saude/conteudo.phtml?id=873038

    Ficamos então aguardando quais são as taxas de intolerância ao brócolis, alface, rúcula, maçã, banana ou qualquer outra fruta ou verdura comumente utilizadas em uma dieta vegana.

  10. Vitro

    Não estou discutindo aspectos éticos, estou claramente lidando com questões de nutrição, praticidade e lógica argumentativa. Não me jogue aspectos simplesmente éticos para saciar meu requerimento por estas questões.
    E também não coloque carne ou laticínios como os únicos agentes passíveis de intolerância digestiva. Gêneros agrícolas como amendoim, trigos, cereais, abacaxi, milho e muitos outros são extremamente passíveis de causarem intolerância ou algum tipo de indigestão.
    E mais: minha pergunta foi clara, parece que vocês defendem que houve aquilo que foi feito para nós consumirmos, e isto para não consumirmos. NADA foi pensado para nós, não tem dessa de ‘a natureza não é burra’. Tudo o que ingerimos foi feito para suprir as necessidades de outro ser.

  11. Marcos Autor do post

    “Tudo o que ingerimos foi feito para suprir as necessidades de outro ser.” – Leite de outro animal foi feito para suprir necessidade humana?

  12. Pedro Abreu

    Francamente, essa discussão de como a interação “consumidor / alimento” evoluiu ao longo da história natural (ou não) é absolutamente irrelevante como argumento contra o veganismo.

    Não passa de uma falácia do espantalho (desviar a discussão pra algo irrelevante). Pura falta de argumentos…

  13. Vitro

    ”Francamente, essa discussão de como a interação “consumidor / alimento” evoluiu ao longo da história natural (ou não) é absolutamente irrelevante”.
    Exceto quando há argumentos que defendem o vegetarianismo, não é mesmo?
    E asseguro-lhe que não é irrelevante, há importância em entender a historia evolutiva do que consumimos para haver o entendimento do que é ou não digerível por nós.

  14. Joseph

    Marcos você está certíssimo sobre o leite da vaca. Faz uns cinco meses que larguei dele. Mas infelizmente amigo quanto a tomar leite de soja não posso dizer o mesmo…soja é terrível pro organismo de homens e mulheres…venho acompanhando artigos e isso já tá comprovado. Feminilização nos homens, infertilidade? Mestruação precoce e muito mais. A soja produz isoflavona substância responsável por tudo isso. Fora o herbicida e transgenia usada no processo.

  15. Joseph

    Mais um detalhe…o trigo de hoje não é mais o de antigamente…ele já foi modificado…estamos ficando cada vez com menos alternativas.

  16. Joseph

    A carne é muito importante pro ser humano…a milhares de anos nós e nossos ancestrais já comiam carne…carne tem componentes que retardam o envelhecimento celular e fortifica a estrutura física do homem. Já as frutas muitas já estão muito manipuladas com transgenia e agrotóxicos…além do mais…os animais não comem sempre delas…eles comem na estação certa antes do inverno…pois ela faz com que a gordura se agarre tudo entupindo o organismo, fazendo reserva de gordura pra suportar o rigor de um inverno…alguns passam ele inteiro hibernando…queimando aos poucos toda a gordura acumulada.

  17. Thiago Melo

    Joseph, quais são as fontes de suas informações?

    Note que se vc come animais, vc come antibioticos, hormonios, carrapaticidas, nitratos e agrotoxico acumulado nas celulas dos animais. Os animais que são criados para serem comidos recebem ração com agrotoxico. Os agrotoxicos acumulam nas celulas adiposas dos animais devido a processos chamados de bioacumulação e biomagnificação. Em outras palavras, quem come animais come mais agrotoxico ainda que aqueles que tem uma dieta vegetariana não-orgânica.

    Dá uma olhada nessas fontes e diz o que acha:

  18. Lucas Costa (Sancho)

    “Note que se vc come animais, vc come antibioticos, hormonios, carrapaticidas, nitratos e agrotoxico acumulado nas celulas dos animais. Os animais que são criados para serem comidos recebem ração com agrotoxico. Os agrotoxicos acumulam nas celulas adiposas dos animais devido a processos chamados de bioacumulação e biomagnificação. Em outras palavras, quem come animais come mais agrotoxico ainda que aqueles que tem uma dieta vegetariana não-orgânica.”

    R. E que como vegetais também e em maior concentração, até nos orgânicos vendidos existe uma pequena quantidade de agrotóxicos, por causa da água e nuvens de agrotóxicos de vizinhos.

    “Mas já que faz tanta questão de insistir nessa babaquice, seguem algumas taxas sobre intolerância à lactose:

    Por que o leite pode causar alergia em algumas pessoas e em outras não?
    R: É conveniente esclarecer que existe uma confusão entre as pessoas entre intolerância à lactose (ou hipolactasia) e alergia ao leite (ou hipersensibilidade ao leite).

    A primeira se refere à incapacidade de digerir a lactose, que representa o “açúcar do leite”,
    devido à deficiência ou ausência da enzima lactase (ou b-galactosidase).

    Alergia alimentar é decorrente de uma reação do sistema imunológico a proteínas ou parte
    dessas moléculas (antígenos), provocando em resposta a liberação de anticorpos, histamina e outros agentes defensivos. A hipersensibilidade ao leite está relacionada, portanto, com a
    fração proteica do leite e é uma doença quase que exclusiva dos lactentes e da infância,
    normalmente desaparecendo entre os 3 e 4 anos de idade.

  19. Pingback: 15 imagens que a Indústria de Leite não quer que você veja | rodrigomartinsevoce

  20. Roseane

    Lucas(sancho)

    copiou e colou de onde?

    alergia cura aos 4 anos?

    atualize-se.

    fui alérgica… deixei de vomitar me enfiaram leite

    após 37 anos de gastrite, sinusite, dermatite, TDAH, E insônia

    ao tratar de minha filha APLV fiz meus exames

    e sou alérgica ao leite, a soja , e outros 11 alimentos
    graças à inflamação intestinal promovida pelo leite de vaca.

    os sintomas dos bebês mudam e os médicos dizem que é CURA

    Conheço quem saiu do CID de esquizofrenia … outros de fibromialgia…

    após largar de beber o leite, inalar, tocar..

  21. Hudson

    aTÉ o Doutor Lair Ribeiro que é Nutrólogo, Médico, Cirurgião, já trabalhou em harvard e não tá nem aí para os animais já explicou que o leite de vaca é um VENENO PRA SAÚDE.

    Faltou falar ai na matéria que a vaca quando está dando leite ela já engravidou de novo para continuar dando leite e todo animal feminino quando está grávido produz um hormônio feminino maléfico em alta escala e a vaca produz esse hormônio 80% mais do que humanas e GRANDÍSSIMA parte desse hormônio fica no leite, esse hormônio causa várias doenças inclusive câncer.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s