7 razões para evitar mel

Provavelmente você já ouviu o debate sobre o mel ser vegano ou não. Apenas no caso de você não ter a certeza disso, eu irei te ajudar. O mel não é um produto vegano – ele é de origem animal. Todos os animais, incluindo as abelhas, existem para seus próprios fins. Eles não estão aqui para serem explorados e manipulados para fins lucrativos.

Abelha

1. As abelhas são criadas em processos industriais, assim como as galinhas, os porcos e as vacas.

Esses insetos são produzidos em larga escala por apicultores, onde eles vivem confinados em ambientes artificiais apertados e ficam feridos muitas vezes.

2. As abelhas são feridas no processo de coleta do mel.

Apicultores podem ser descuidados ao coletarem mel. As asas e as pernas das abelhas são frequentemente arrancadas no processo. Além disso, os agricultores cortam as asas da abelha rainha para se certificarem de que ela não irá sair da colmeia.

3. Abelhas polinizam flores naturalmente.

As abelhas desempenham um papel essencial na polinização, que é necessário para a reprodução das plantas, de modo que, se elas fossem extintas, o ecossistema correria o risco de entrar em colapso.

4. Abelhas precisam de seu mel.

O mel ajuda as abelhas a sobreviver no inverno. E ele é feito com nutrientes específicos necessários para a sua sobrevivência.

5. O mel é vendido para o lucro.

As abelhas são exploradas para que as grandes organizações lucrem com seu mel.

6. As abelhas trabalham constantemente.

Uma única abelha operária pode visitar até 10 mil flores por dia e, durante toda a sua vida, produzir apenas uma única colher de chá de mel. Todas as abelhas têm um trabalho específico a fazer, dependendo de sua idade, sexo e época do ano. Não devemos manipular este processo.

7. Roubar é errado.

Todo mundo sabe disso. Então por qual motivo aceitamos roubar algo de um animal? O mel é essencial para a sobrevivência das abelhas, e elas trabalham arduamente para fazer isso!

O que você pode fazer:

É fácil. Evite todos os produtos que são feitos com mel. Outros adoçantes, como agave e xarope de ácer, são deliciosas alternativas que não prejudicam as abelhas ou qualquer outro animal.

Fonte: PETA

Anúncios

30 respostas para “7 razões para evitar mel”

  1. O pessoal do PETA pegou muuuito leve nesse artigo… Deveriam ter explicado como as abelhas sofrem e morrem com a fumigação (fumaça usada para atordoá-las) e com a manipulação e centrifugação dos favos. E claro, uma nota de rodapé sobre a senciência dos insetos também não faria nada mal.

  2. Concordo, Pedro. Eles pegaram muito leve… De qualquer forma, o artigo que você indicou revela com mais detalhes. Se calhar, publicamos um artigo mais detalhado no futuro.

  3. A ignorância desta postagem é tamanha, abelhas são membros da classe insecta, seu sistema nervoso é muito rudimentar, incapaz de haver o que entendemos como ”dor”. Aliás, entomofagia, já foi colocada pela Organização das Nações Unidas como possível solução para a crise de alimentos, uma vez que são muito fáceis de criar.

  4. Hujer, para início de conversa: o artigo sequer falou de senciência (embora esteja implícita a noção). Você não compreendeu que é errado explorar animais para o nosso benefício.

    Mas, já reparei que a sua tese é a seguinte.

    Sistema nervoso complexo > implica em maior dor.
    Sistema nervoso rudimentar > menos dor (ou nenhuma).

    Por favor, mostre-nos o estudo científico comprovando a sua incrível tese.

  5. “abelhas são membros da classe insecta, seu sistema nervoso é muito rudimentar, incapaz de haver o que entendemos como ”dor”.”

    Será? Admito que o assunto é controverso, mas esse fisiologista da USP discorda de você:
    http://vista-se.com.br/os-insetos-sentem-dor-afirma-fisiologista-da-usp/

    Já esse outro estudo gringo argumenta que abelhas estressadas por um ataque simulado ou manipulação, reagem demonstrando “pessimismo”, “depressão e ansiedade”, da mesma forma que fariam ratos, cães e até humanos, se submetidos a circunstâncias semelhantes:
    http://www.dailymail.co.uk/sciencetech/article-1393622/BEES-suffer-negative-emotion-says-Dr-Geraldine-Wright.html

    Quanto à entomofagia, estou ciente que tem sido apontada como uma possível solução para o desastre ético e ambiental insustentável denominado pecuária.

  6. Segue alguns esclarecimentos:
    1. Esses insetos são produzidos em larga escala por apicultores, onde eles vivem confinados em ambientes artificiais apertados e ficam feridos muitas vezes.

    Abelhas não são produzidas, são criadas !!!
    Quanto ao “ambiente artificial”, trata-se de uma caixa que comprovadamente oferece condições ótimas para o crescimento e manutenção da população . Esse é um dos motivos pelo qual populações de abelhas criadas, geralmente, são muito maiores que as encontradas no ambiente. Naturalmente abelhas ocupam espaços menores como buracos em árvores, rochas ou até mesmo em construções humanas.

    2. Os agricultores cortam as asas da abelha rainha para se certificarem de que ela não irá sair da colmeia.

    O fato de cortar a sas da rainha não interfere em nenhuma das atividades desse animal. Rainhas tem como função, entre outras, a postura de ovos e a manutenção da coesão da colônia, através de seu feromônio.

    3.As abelhas desempenham um papel essencial na polinização… se elas fossem extintas, o ecossistema correria o risco de entrar em colapso.

    Mais um motivo para cria-las !!! Apicultores e a ciência estão empenhados no melhor entendimento das causas do “sumiço” das abelhas.

    4. Abelhas precisam dos eu mel

    A coleta de mel, diferente do pólen, não é controlada pela existência,ou não, de grandes quantidades desse suprimento dentro da colônia. Em outras palavras, enquanto houver espaço para armazenar e néctar em abundância na natureza as abelhas continuaram produzindo mel. Portanto, o que é coletado nas colônias é parte do estoque que as abelhas não conseguiram utilizar em sua alimentação. Não seria vantajoso para o apicultor matar sua abelhas de fome !!!

    7.Roubar é errado.

    Se coletar mel é roubar, qual outra alternativa nos sobra para nos alimentar???
    Coletar um pé de alface não é roubar também ????

  7. “Se coletar mel é roubar, qual outra alternativa nos sobra para nos alimentar???” – Quanta ignorância… Vai morrer sem mel? Não leu nada do artigo e ainda distorceu completamente.

  8. sugiro que quem escreveu tudo isso faça um curso de apicultura. assim irá aprender que o apicultor dá às abelhas melhor condição que aquela que ela encontra na natureza. aprenderá também que ela não tem o mel (ou qualquer outro produto)roubado. aprenderá que o apicultor as alimenta quando há pouco alimento na natureza. aprenderá também que as abelhas são bem tratadas e respeitadas. aprenderá ainda o importante papel que exerce o apicultor p aumentar a produção das abelhas (sem agressões ou confinamentos) e, assim, melhorar a polinização na natureza. aprenderá por fim que os apicultores ou meliponicultores são amantes dos animais e da natureza. que são essencialmente preservacionistas. e p acabar, chegará à conclusão de que nenhum apicultor poderá ficar rico “explorando” abelhas. até porque é impossível mantê-las confinada, pois o resultado seria a sua morte. lembrando que abelha morta não produz nem poliniza. aprenda primeiro e depois volte aqui e dê o seu parecer com conhecimento de causa.

  9. Marta,

    “sugiro que quem escreveu tudo isso faça um curso de apicultura. assim irá aprender que o apicultor dá às abelhas melhor condição que aquela que ela encontra na natureza”

    – Melhor condição? Arrancando seus membros? Tem certeza do tamanho da bobagem que está dizendo?

  10. Acho uma pena vcs veicularem informações falsas, pois tem pessoas que leem e as tomam como verdade. O “pesquisador” ao menos teve o trabalho de visitar um apiário sério pra ver se as informações são verdadeiras? com certeza q não né!!

  11. Este artigo é plenamente cheio de inverdades e omissões de verdades.

    Qualquer pessoa que faça um curso de apicultura fica a perceber o básico de como se consegue cuidar das abelhas, recolher mel e não prejudicar minimamente a colónia, muito pelo contrário.

    Aliás, na natureza a Apis mellifera (a comum abelha do mel) não consegue viver muito tempo, por causa de diversas doenças mas em especial por causa do ácaro Varroa. Existe em praticamente todo o mundo e consegue debilitar a saúde da colónia a ponto de esta colapsar.

    É o apicultor que a protege da Varroa! E portanto é o apicultor que permite que continue a existir abelhas melíferas! E logo é o apicultor o principal responsável por ainda haver comida para todos os veganos comerem! Porque são as abelhas do apicultor que fazem a polinização para os veganos poderem comer a sua frutinha, saladinha e sementinha!!

    Antes de escreverem artigos falsos, estudem minimamente o assunto.

    Depois temos as questões menores e podem ser facilmente refutadas:

    – Muito poucos apicultores cortam as asas à rainha. Fazem-nos para que ela não abandone facilmente a colmeia como é natural que o façam a determinado momento do ano. No entanto a maioria não corta porque fazem desdobramentos e outras técnicas naturais que fazem com que a rainha não sinta necessidade de ir embora.
    Mais, mesmo com as asas cortadas, a rainha continua de plena saúde!

    – As abelhas não estão confinadas a espaços apertados! Pelo contrário. O apicultor tem todo o interesse em dar o maior espaço possível às suas abelhas pois quanto mais espaço, mais abelhas nascem e logo mais néctar poderão recolher das flores! Logo mais polinização, logo mais frutinha, saladinha e sementinha para os veganos!
    As abelhas têm muito mais espaço com o apicultor do que na natureza!

    – As abelhas feridas ou mortas no processo de coleta do mel ou mesmo nas visitas normais à colmeia são amplamente compensadas pelo benefício que esses procedimentos trazem à colónia no seu todo. São essas visitas que permitem avaliar o estado de saúde das abelhas e assim tratar a Varroa, por exemplo. É preferível meia dúzia de abelhas mortas em cada inspeção do que a colónia inteiramente morta caso não se queira mexer na colónia para não assustá-las ou esmagá-las sem querer!

    – As abelhas NÃO precisam de Todo o seu mel! Para quem não sabe, a primeira caixa contém a colónia e todo o mel e pólen que o apicultor não retira e que serve de reservas alimentares para as abelhas! O restante mel produzido, nas caixas posteriores, de nada serve às abelhas! Esse mel é então retirado para o apicultor!

    – O apicultor não manipula o processo natural da abelha! Na colmeia todas as abelhas trabalham de acordo com a sua idade e nenhuma é obrigada a fazer algo que não consegue fazer!

    – O apicultor não rouba nada que faça falta às abelhas! Retira o excesso que elas produzem porque antes o apicultor lhes deu espaço mais que suficiente para viverem. Mais, o apicultor em troca deste mel que não faz falta às abelhas, trata da saúde delas, dá-lhes um abrigo melhor que na natureza e se for preciso ainda as alimenta (quando em casos de seca extrema, na natureza qualquer colónia morreria à fome).

    Entendam isto: As abelhas são animais selvagens! Não são animais domésticos nem domesticáveis! Quero dizer com isto que as abelhas não reconhecem o apicultor como seu dono ou autoridade (por isso tentem picá-lo como intruso). Caso elas não gostem das condições em que vivem ou em que são tratadas, elas simplesmente abandonam a colmeia e partem em busca de outra habitação melhor! Mas isso nunca acontece porque o apicultor dá às abelhas as melhores condições possíveis! Melhor que na própria natureza! E é por isso que ainda há frutinha, saladinha e sementinha para os veganos comerem!

  12. “As abelhas são animais selvagens! Não são animais domésticos nem domesticáveis!”

    – Isso não é verdadeiro. E a realidade é ao contrário do que você afirma:

    “As abelhas, tal como os homens, adoecem se têm um estilo de vida não saudável e uma alimentação errada. Quando domesticamos as abelhas e começamos a colher todos os produtos apícolas possíveis: mel, geleia real, pólen, pão de abelha, cera de abelha, veneno de abelha, própolis – tanto nós como as abelhas começamos a esquecer como elas viviam em estado selvagem, a 50 milhões de anos atrás. Na latura elas cuidavam de si próprias. E agora nós fizemos com que elas esquecessem como fazer isso. Daí vêm as doenças.”

    Fonte: http://portuguese.ruvr.ru/2014_02_25/Desaparecimento-de-abelhas-conduz-extincao-da-humanidade-3790/

    “E é por isso que ainda há frutinha, saladinha e sementinha para os veganos comerem!”

    – Pedro, se o indivíduo for ignorante acabará acreditando nessa ideia mentirosa. É a mesma linha de argumentação dos zoológicos: dizem que eles existem para preservar espécies, o que simplesmente não é verdade, pois a preservação realmente eficaz ocorre no habitat natural.

    Usar animais para o lucro é imoral. E os produtores de mel buscam esse fim.

  13. Marcos, você sabia que as abelhas costumam fazer dos ocos de árvores a sua moradia e que, com o desmatamento que vem ocorrendo há décadas, elas não mais encontram na natureza lugares adequados p se instalar? com isso, os enxames silvestres estão cada vez mais escassos e, em algumas partes do planeta, nulos. dessa forma, os apicultores exercem um importante papel dando a elas essa condição de sobrevivência, já que elas são acomodadas em caixas espaçosas que permitem seu desenvolvimento saudável (melhor que na natureza, sim!) e, ao contrário do que foi afirmado no texto, manter as abelhas em espaços atrofiantes é impossível, pois não seria produtivo para quem espera lucro. a abelha só vai produzir mel se ela tiver espaço p isso.
    não sei de onde você tirou isso de que as abelhas têm seus membros arrancados. meu marido e eu somos apicultores, conhecemos centenas de outros apicultores, participamos de congressos e mantemos contato com muitos deles. não conheço um sequer que faça isso. será que você faz ideia de como as abelhas trabalham? acho que não… se fizesse, não diria tamanho absurdo. as abelhas buscam o seu alimento nas flores, de onde elas tiram o néctar (p produção do mel) e o pólen. para isso, é necessário que seja perfeita e saudável. caso contrário, ela não poderia cumprir o seu importante papel de polinizadora. e, levando em conta o raciocínio do texto, não poderia produzir mel p o “enriquecimento” do apicultor. é uma questão de raciocínio lógico. como elas fariam isso sem os membros?
    einstein afirmou que se as abelhas desaparecessem da face da terra, em quatro anos não haveria mais vida. p você ter idéia do quanto damos importância à elas, muitas vezes vamos resgatar abelhas ameaçadas, por estarem em área que oferece risco às pessoas. e não pense que é um trabalho fácil, mas fazemos com amor com vistas a preservá-las o máximo possível. e não fazemos isso só com as abelhas do tipo apis (que são essas que produzem mel em abundância), mas também com as abelhas nativas (lembrando que no brasil há mais de 300 espécies e subespécies) e que, em termos de comércio de mel, não dão qualquer resultado. mas fazemos questão de mantê-las vivas, bem abrigadas e longe de predadores…
    insisto: faça um curso de apicultura. ou, se preferir, venha conhecer o nosso apiário e mostraremos como é o nosso trabalho e como as abelhas são tratadas. (se quiser conhecer, entre em contato por e-mail).

  14. Sergio

    É sério isso? Você quer que o cara faça tipo uma lista de tudo o que os veganos comem? Deixa eu te ajudar: tira carne, ovos, laticínios e mel, a faz uma lista com todo o resto. Quando a lista estiver pronta, volta aí pra mostrar pra gente. Divirta-se.

    marta

    Como leigo no assunto (embora vegano), sua argumentação técnica, em uma primeira análise, me parece bastante racional. Gostaria apenas de frisar que o veganismo é – essencialmente -um movimento de não violência, contrário ao status de mera propriedade humana, que atualmente é atribuído aos animais sencientes (característica compartilhada pelas abelhas, segundo indicam alguns estudos), e que por sua vez gera todo tipo de exploração cruel e desnecessária como as que vemos comumente na indústria pecuária.

  15. Pedro Abreu, não quero que vc faça uma lista, só quero entender de onde vc tirou que certos alimento são necessários e outros não são. Que eu saiba o corpo humano tem necessidade de certos nutrientes, independente de onde eles venham e não de certos tipos de alimentos . E outra, o que mais tem matado abelhas no mundo inteiro são os defensivos agrícolas (principalmente os que são a base de neonicotinoides) usados para cultivar os alimentos e entre eles os alimentos que mais usam esses defensivos são as grandes culturas como a soja, o feijão e o milho.Outro responsável pela morte de abelhas é o desmatamento para cultivo ou criação de gados.

  16. Sergio, entendi o que disse e quero fazer um questionamento. veganos consomem açúcar, qualquer um que seja, refinado, mascavo, melado… ou caldo de cana? pois bem, basta você ir nesses lugares que vendem o caldo de cana e você verá a quantidade enorme de abelhas que estão ali por perto, não é mesmo? da mesma forma, quando a cana é cortada p a indústria do açúcar, as abelhas também estarão ali presentes. é natural dela ser atraída pelo que é doce. elas também usam a garapa p transformar em mel. acontece que, ao processar a cana, e isso falando até mesmo do tio que vende a garapa, muitas abelhas são mortas pois são prensadas juntamente com a cana. eu, particularmente, não vejo isso como uma agressão às abelhas, mas morro de dó delas, porém, seria praticamente impossível obter qualquer produto da cana sem sacrificar algumas. agora diga-me, os veganos deixarão de consumir o açúcar? veja, a cana é só um exemplo…
    eu também sou contrária ao sacrifício dos animais de forma desnecessária, apesar de ser carnívora. dou preferência ao consumo de carne fresca e de animais que não são mantidos em confinamento. sei que serei duramente criticada pelos veganos, mas aí entraremos numa outra seara de discussão, que não é o caso nesse momento. ;o))

  17. ah, esqueci também de dizer uma coisa. o maior responsável pelo extermínio de abelhas em todo o planeta não é o apicultor, mas sim a indústria de pesticidas, que são usados indiscriminadamente na agricultura. há até uma campanha dos apicultores no sentido de se proibir o seu uso em favor das abelhas… o slogan é “bee or not to be” ou, “sem abelhas, sem vida”…

  18. 1- Se for pra pensar dessa maneira não poderemos comer nada, pois não se produz nada sem matar insetos e outras pragas.
    2- Será que os veganos nao matam os ratos se os mesmos entrem na casa deles?

  19. Nós veganos, evitamos o dano e sofrimento que é possível evitar, Sergio. Muito infelizmente, vivemos em uma sociedade totalmente baseada na exploração animal, e eu não posso simplesmente me suicidar ou me mudar pra Marte.

    Essa falácia soa como: “Pra que errar 50%, seu eu posso errar 100%?”

    E a menos que representasse uma ameaça séria e iminente à minha saúde ou integridade física, eu jamais mataria qualquer outro mamífero.

  20. O que todos veganos precisam saber é : que o mundo precisa parar de comer carne ,,,,, verde e a de confinamento pq nos coxos tem um produto que esta matando as abelhas e elas literalmente estão morrendo por causa dessa fome de carne . Realmente tirar o mel é causar sofrimento mas preserva-las é mais importante neste momente……

  21. Não sou apicultor mas sim um estudioso de abelhas, e posso dizer que nunca vi tanto erro num só texto.

    Aconselho a todos a terem um espírito critico e não virem para blogs despejarem o que provavelmente alguém escreveu sem pensar.
    Pesquisem um pouco sobre o assunto e vão ver que muito do que está acima escrito esta completamente errado.

  22. Aconselho a ler o o livro “Tratado Pratico da apicultura”.

    agora ponto por ponto

    1. As abelhas são criadas em processos industriais, assim como as galinhas, os porcos e as vacas.
    Esses insetos são produzidos em larga escala por apicultores, onde eles vivem confinados em ambientes artificiais apertados e ficam feridos muitas vezes.

    Na apicultura existe uma simbiose entre as abelhas e o apicultor como já foi dito em cima em que o apicultor fornece uma casa as abelhas e medicina (sem a qual as abelhas neste momento estariam extintas) as abelhas.
    Quanto aos ambientes “artificiais e apertados” as colmeias de hoje em dia sao mais que estudadas para permitirem o espaço que as abelhas necessitam.

    2. As abelhas são feridas no processo de coleta do mel.

    Apicultores podem ser descuidados ao coletarem mel. As asas e as pernas das abelhas são frequentemente arrancadas no processo. Além disso, os agricultores cortam as asas da abelha rainha para se certificarem de que ela não irá sair da colmeia.

    Não tenho duvida do que o que diz em cima é verdade em vários casos, pois existem maus profissionais em todo o lado. Um sabe o que fazer para ao retirar as alças e colocar no sitio não ferir abelhas. O fumo é usado para que as abelhas não invistam no apicultor perdendo a vida desnecessariamente.

    Quanto ao cote das asas não faz qualquer sentido cortar as asas a uma rainha.

    3. Abelhas polinizam flores naturalmente.

    As abelhas desempenham um papel essencial na polinização, que é necessário para a reprodução das plantas, de modo que, se elas fossem extintas, o ecossistema correria o risco de entrar em colapso.

    é verdade.
    Mais um motivo para as ajudarmos!

    4. Abelhas precisam de seu mel.

    O mel ajuda as abelhas a sobreviver no inverno. E ele é feito com nutrientes específicos necessários para a sua sobrevivência.

    Não! As abelhas precisam de parte dele!

    5. O mel é vendido para o lucro.

    As abelhas são exploradas para que as grandes organizações lucrem com seu mel.

    sim esse é o objectivo de qualquer negocio!!!! mas numa simbiose existe o lucro para o apicultor e o lucro para colmeia.
    o apicultor ganha mel e outros sub produtos da colmeia.
    a colmeia ganha medicina
    alimentação em tempos de seca
    agua em tempos de seca
    protecção contra predadores
    climatização quando faz demasiado calor (para as abelhas não morrerem assadas ou afogadas no próprio mel)

    6. As abelhas trabalham constantemente.

    Uma única abelha operária pode visitar até 10 mil flores por dia e, durante toda a sua vida, produzir apenas uma única colher de chá de mel. Todas as abelhas têm um trabalho específico a fazer, dependendo de sua idade, sexo e época do ano. Não devemos manipular este processo.

    o processo não é manipulado! são criadas condições para que as abelhas possam viver mais e melhor como já referi no ponto acima.

    7. Roubar é errado.

    Todo mundo sabe disso. Então por qual motivo aceitamos roubar algo de um animal? O mel é essencial para a sobrevivência das abelhas, e elas trabalham arduamente para fazer isso!

    Sem duvida que roubar é errado.
    Neste caso não se trata de roubar mais uma vez vou utilizar a palavra “simbiose”.
    o apicultor não retira das colmeias a parte do mel necessário para a sobrevivência das mesmas mas sim o excesso de produção.

    Espero ter ajudado.

  23. KKKKKKKKKK

    Tamanha estupidez é rara!

    Os Homens mataram a maioria dos predadores naturais das abelhas e do mel por que, com estes não lucravam!

    Se não houver consumo de mel, as abelhas morrem! E em pouco tempo boa parte da vegetação que conhecemos, depois virá a morte de varias especies de animais que dependem dessa vegetação!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s