11 fatos sobre os circos com animais

Circo

1. Circos com animais são permitidos por lei nos Estados Unidos e devem oferecer um tratamento “humanitário” pela Lei de Bem-Estar Animal (AWA).

2. Os tigres naturalmente temem o fogo, mas eles são forçados a pularem em aros de chamas nos circos.

3. Menos de 100 fiscalizadores do Departamento de Agricultura dos EUA (USDA) devem monitorar mais de 12 mil circos com animais.

4. Os treinadores usam chicotes, coleiras apertadas, focinheiras, bastões elétricos e outras ferramentas dolorosas nos circos.

5. Em mais de 35 incidentes perigosos desde 2000, elefantes fugiram dos circos, atacaram a população e correram soltos pelas ruas.

6. Todo grande circo que usa animais tem sido citado por violar a AWA.

7. Em média, os circos viajam cerca de 48 semanas por ano. E os animais passam, em média, 26 horas em gaiolas durante cada viagem.

8. Praticamente 96% da vida de um animal de circo é gasta em gaiolas e espaços minúsculos.

9. Desde 1990, houve mais de 123 casos de ataques de leões.

10. Os animais de circo apresentam comportamentos destrutivos, como balançar obsessivamente e automutilação. Estes comportamentos são manifestações de tédio extremo e estresse.

11. Devido aos números que são forçados a realizar, os animais desenvolvem artrites e outros problemas de saúde.

De DoSomething.org, 11 Facts About Circus Animal Abuse, Acesso em maio de 2014

Anúncios

Uma resposta para “11 fatos sobre os circos com animais”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s