Porcos estão entre os animais mais inteligentes do mundo

A pouca convivência com as outras espécies de animais fortalece o especismo, que nada mais é do que um “pré-conceito” contra os animais, ou seja, julgamos algo sem ao menos conhecer profundamente. Os porcos, com frequência, são os alvos deste comportamento.

Ignorar os fatos é ser cúmplice da burrice.

Ignorar os fatos é ser cúmplice da burrice.

Se te perguntarem se você seria capaz de comer um cachorro, muito provavelmente, a resposta seria não. Da mesma forma, se alguém te questionar se você conseguiria comer carne humana, jamais aceitaria fazer isso. Qual é o motivo de você rejeitar tais propostas? Você possui empatia pelos cães e pelos membros da sua espécie, o que não acontece com os porcos, vacas, bois e bezerros – geralmente, tais animais estão afastados, em alguma fazenda, sem qualquer tipo de domesticação. No entanto, o cachorro tem um forte contato histórico com o ser humano, assim como os gatos. A convivência com tais espécies faz com que tenhamos a consciência de que elas sofrem e podem sentir-se tristes, como nós.

O porco, de acordo com os cientistas, está entre os animais de maior inteligência na Terra. Estudos têm demonstrado que eles são capazes de compreender o funcionamento de espelhos, pois podem encontrar alimentos através de reflexos, por intermédio da aprendizagem (Broom et al., 2009). Além disso, outras pesquisas apontaram que os porcos possuem capacidade cognitiva, de memorizar e guardar lembranças (Held et al., 2000). Eles podem aprender truques e, quando vivem como animais de estimação, ficam alegres e tratam os seus criadores como donos, assim como os cães se comportam.

É inevitável, logo, nos perguntarmos se a criação de porcos, para o consumo humano, deve continuar existindo. A carne de porco é absolutamente desnecessária; nenhum nutricionista irá discordar disso. Ignorar as descobertas da ciência é continuar achando que o ser humano é superior e único racional, ou seja, prender-se aos velhos valores. No entanto, temos o dever de mudar esta realidade. A nossa consciência não exigirá menos do que isso.

Referências

BROOM, Donald M.; SENA, Hilana; MOYNIHAN, Kiera L. Pigs learn what a mirror image represents and use it to obtain information. Animal Behaviour, v. 78, n. 5, p. 1037-1041, 2009. [Link]

HELD, Suzanne et al. Social tactics of pigs in a competitive foraging task: the ‘informed forager’paradigm. Animal Behaviour, v. 59, n. 3, p. 569-576, 2000. [Link]

Anúncios

2 ideias sobre “Porcos estão entre os animais mais inteligentes do mundo

  1. Pedro Abreu

    Fato. As pessoas tendem a lembrar do comportamento apático de porcos em chiqueiros, mas esse tipo de comportamento é devido ao confinamento. Quando em liberdade eles são extremamente ativos e exploradores.

    E outra, também são muito limpos. Porcos criados em liberdade jamais defecam em locais próximos de onde costumam ficar ou dormir.

  2. Marcos Autor do post

    É uma verdade inconveniente, Pedro. Não podemos imaginar o sofrimento que os porcos passam em abatedouros, com castração à sangue frio. Um dos primeiros passos para a libertação animal, seria o fim do consumo da carne de porco. Não podemos mais ignorar estes fatos científicos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s